https://rasi.vr.uff.br/index.php/rasi/issue/feed Revista de Administração, Sociedade e Inovação 2021-05-01T00:31:29-03:00 Marcelo Amaral, D.Sc. periodico.rasi@gmail.com Open Journal Systems <p align="justify">A Revista Administração, Sociedade e Inovação (<strong>RASI</strong>) é um periódico científico e tecnológico do Programa de Pós-Graduação em Administração (PPGA), programa sediado no Instituto de Ciências Humanas e Sociais (ICHS), unidade da Universidade Federal Fluminense (UFF). Adota as melhores práticas editoriais e segue as recomendações e normas do QUALIS/CAPES e do <a title="Boas Práticas" href="http://www.anpad.org.br/diversos/boas_praticas.pdf" target="_blank" rel="noopener">Manual de Boas Práticas da Publicação Científica da ANPAD</a>&nbsp;. O seu processo editorial é realizado por meio da plataforma digital SEER (Serviço de Eletrônico de Editoração de Revistas), com o objetivo de garantir a transparência e livre acesso a leitores e autores, favorecendo o intercâmbio entre instituições nacionais e internacionais. Nesse sentido, a RASI conta com a colaboração de avaliadores <em>ad hoc</em> externos, alheios à sua equipe editorial e à instituição editora, mediante processo de avaliação do tipo <em>double blind review</em>.</p> https://rasi.vr.uff.br/index.php/rasi/article/view/473 A Hélice Tríplice na Promoção do Ecossistema de Empreendedorismo do IFRJ - Campus Engenheiro Paulo de Frontin 2020-04-20T11:41:06-03:00 Juliano dos Santos Moreira julianodsmoreira@gmail.com Thiago Borges Renault thiagorenault@ufrrj.br <p>A sociedade baseada no conhecimento exige das Instituições de Ensino novos desafios ao passo que surgem como agentes de mudanças, fazendo com que a academia emerja como protagonista do desenvolvimento econômico, social e tecnológico. O presente estudo buscou analisar aspectos que envolvem o surgimento do ambiente de empreendedorismo tecnológico em uma localidade rural e sua relação com as ações de fomento ao empreendedorismo acadêmico promovidas o IFRJ – Campus Engenheiro Paulo de Frontin. Este caracterizou-se como um estudo de caso exploratório qualitativo, com métodos múltiplos de coleta de dados analisados por meio da análise de conteúdo. Observou-se no Campus mobilização estratégica partindo do modelo acadêmico tradicional para o modelo da universidade empreendedora proposto pela abordagem da Hélice Tríplice. Resultados obtidos permitiram a categorização das ações de fomento ao empreendedorismo acadêmico realizadas pelo Campus, capazes de promover um <em>ethos</em> empreendedor que levou à criação de grupos de desenvolvedores e <em>startups</em> no meio acadêmico estudado. Esses atores iniciam uma rede de relacionamentos externos ao Campus, que resultam em um ecossistema de empreendedorismo ainda incipiente na localidade. O estudo possibilitou a descrição do ecossistema de empreendedorismo tecnológico que emerge em contraste à localidade rural do Campus, apresentando pontos fortes e necessidades de melhorias deste ecossistema.&nbsp;</p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista de Administração, Sociedade e Inovação https://rasi.vr.uff.br/index.php/rasi/article/view/475 Capital Intelectual e a Capacidade Absortiva na Inovação 2020-06-22T19:44:13-03:00 Rafael Bavaresco Bongiolo rafael.bongiolo@unisul.br Clarissa Carneiro Mussi mussi.clarissa@gmail.com Ademar Dutra ademar.unisul@gmail.com Leonardo Corrêa Chaves leonardomg@gmail.com <p>Este trabalho tem como objetivo identificar os mais relevantes artigos científicos e seus parâmetros, com a temática relacionada entre: Capital Intelectual, Capacidade Absortiva e Inovação. Para realizar a pesquisa, utilizou-se um processo construtivista, chamado <em>Knowledge Development Process – Constructivist (ProKnow-C)</em>. Por meio deste, foram selecionados 20 artigos que compuseram o Portfólio Bibliográfico (PB) desta pesquisa. Assim, o estudo foi capaz de identificar os seguintes itens principais: a) o grau de relevância dos artigos do Portfólio Bibliográfico (PB); b) os autores mais relevantes no PB e nas Referências Bibliográficas (RB); c) o perfil dos principais pesquisadores; d) a frequência dos periódicos no PB; e) o fator de impacto dos periódicos (SJR); e g) as palavras-chave mais frequentes.</p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista de Administração, Sociedade e Inovação https://rasi.vr.uff.br/index.php/rasi/article/view/480 Avaliação do Desempenho no Setor Público: 2020-07-06T12:25:12-03:00 Gabriela Almeida Marcon Nora gabriela@almeidamarcon.com Leonardo Ensslin leonardoensslin@gmail.com Ademar Dutra ademar.unisul@gmail.com Vinícius Dezem vinidezem@yahoo.com.br <p class="yiv3811522452msonormal" style="text-align: justify;"><span style="font-size: 11.0pt;"><span class="tlid-translation translation" lang="pt"><span class="" title="">O presente artigo tem por objetivo identificar as abordagens da literatura internacional sobre o tema da avaliação de desempenho do setor público.</span> <span title="">Dentro de uma abordagem qualitativa, esta pesquisa aplica o método ProKnow-C para selecionar um portfólio bibliográfico (BP).</span> <span title="">Revelou-se um arcabouço teórico que demonstra a evolução da avaliação de desempenho no setor público. Em seguida, são relatadas, especificamente, as etapas da revisão, o que também contribui, como guia, para o aprimoramento das revisões da literatura científica em geral.</span> <span title="">Neste manuscrito, 39 trabalhos de pesquisa foram selecionados a partir de um banco bruto de 2228 artigos.</span> <span title="">Foram realizadas análises bibliométricas básicas e avançadas para identificar algumas particularidades da área de pesquisa, como autores, artigos e periódicos mais citados, além das preocupações específicas da avaliação de desempenho no setor público, como a necessidade de avaliação de desempenho promovendo a estratégia organizacional.</span></span></span></p> <div id="websigner_softplan_com_br" class="websigner_softplan_com_br" style="display: none;">&nbsp;</div> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista de Administração, Sociedade e Inovação https://rasi.vr.uff.br/index.php/rasi/article/view/481 A Inovação pós crise - 2020-08-31T12:01:29-03:00 Giuliano Carlo Rainatto giulianorainatto@yahoo.com.br Marcus Vinicius Cesso da Silva marcus.cesso@gmail.com Orlando Roque Silva orlandoroque@uol.com.br Norberto Almeida de Andrade norbertofatecsp@hotmail.com <p>Não podemos ficar parados em período de crise, inovar é a única saída (Frabasile, 2017). Aproveitando essa afirmação, este artigo evidencia o aumento no volume de inovações protegidos por patentes após as epidemias de H3N2 (gripe de Hong Kong) e a H1N1 (Gripe Suína), de forma longitudinal. O montante de 4,6% do total de inovações médicas concedidas por meio de patentes estão relacionados com as epidemias de gripe estudadas. O relatório da OMS <em>Expenditure in Health as % of GDP</em> foi o ponto de partida para a construção do estudo exploratório, selecionando o campo Tecnologia Médica como ponto de partida. Adicionalmente, foram incluídos dados de outras bases como o PATENTSCOPE e a ESPACENET que contribuíram para quantificar a importância da inovação médica no cenário apresentado. Ao se contrapor ao juramento médico, a patente é uma ferramenta que auxilia na identificação da inovação em bases confiáveis, promovendo a difusão tecnológica qualificada, e a importância financeira das inovações no ambiente foram levadas em consideração, mostrando que investir na pesquisa médica pode auxiliar na busca por uma fatia dos 612,7 Bilhões de dólares que serão gastos em saúde pelas pessoas em 2025 (Fortune business insights, 2019).</p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista de Administração, Sociedade e Inovação https://rasi.vr.uff.br/index.php/rasi/article/view/483 O processo de publicação e revisão em periódicos de alto impacto no Brasil 2020-08-14T15:54:38-03:00 Roberto Pessoa de Queiroz Falcão robertopqfalcao@gmail.com Eduardo Picanço Cruz epicanco@id.uff.br <p>O presente artigo busca esclarecer como se dá o processo de escrita, publicação e revisão em periódicos acadêmicos, tendo como público-alvo os iniciantes na carreira acadêmica, como participantes de programas de iniciação científica, jovens mestrandos e doutorandos. Destacam-se os principais pontos aos quais os autores devem se atentar no processo de publicação e revisão. A metodologia envolve uma revisão sistemática no tema, além de uma pesquisa, realizada por meio de roteiro semiestruturado, com 10 editores de alguns dos principais periódicos nacionais de administração, turismo e marketing, enfocando em aspectos relativos ao processo de submissão, resposta aos editores, motivos de rejeição de artigos e sobre o relacionamento entre autores, editores e revisores. A originalidade do artigo compreende as dicas práticas e objetivas, contribuindo de forma teórica por envolver a atualização da literatura acadêmica nacional e, trazendo uma contribuição prática por meio das recomendações de editores.</p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista de Administração, Sociedade e Inovação https://rasi.vr.uff.br/index.php/rasi/article/view/449 O Papel das Agências de Inovação e Empreendedorismo na Formulação de Políticas de Inovação Orientadas a Missões: 2020-07-01T14:08:26-03:00 Caetano Christophe Rosado Penna caetano.penna@pped.ie.ufrj.br Guilherme de Oliveira Santos Santos guilhermedeoliveirasantos.gos@gmail.com Maurício de Vasconcellos Guedes Pereira mauricio.guedes@faperj.br <p>O presente artigo tem como principal objetivo discutir as oportunidades e desafios para o desenvolvimento de uma política de inovação orientada a missões baseada nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), tendo como foco a experiência recente da Diretoria de Tecnologia da Fundação Carlos Chagas de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ). Para tanto, será feita uma revisão bibliográfica acerca do papel das agências de inovação e das políticas de inovação orientadas a missões. A parte empírica do artigo será baseada em uma pesquisa documental, bem como no Planejamento Estratégico feito para a Diretoria da Tecnologia para o triênio 2019-2021. As principais conclusões apontam que: (a) o Estado do Rio de Janeiro possui desafios socioeconômicos possíveis de embasarem uma estratégia de inovação voltada para a solução de problemas; (b) a fragmentação do cenário institucional do estado se coloca não apenas como um desafio para a elaboração de políticas de inovação orientadas a missões, mas também como oportunidade; (c) a complexidade dos desafios societais porém dificulta a formulação e implantação destas políticas; e (d) a construção de indicadores e métricas para mensurar o impacto de tais políticas é bastante desafiadora.</p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista de Administração, Sociedade e Inovação https://rasi.vr.uff.br/index.php/rasi/article/view/593 A necessidade contemporânea de se defender o óbvio: 2021-04-21T09:58:25-03:00 Virgílio Cézar da Silva e Oliveira virgilio.oliveira@ufjf.edu.br Marcelo Goncalves do Amaral mgamaral@gmail.com Edilane Reis Carraro edilanecarraro4@gmail.com <p>Editorial da RASI vol 7 no 2</p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista de Administração, Sociedade e Inovação